Arquivo da categoria: [+18]

[+18] Shoujo Sect: Innocent Lovers

por Rock The Vogt

Baseado no mangá de mesmo nome, Shoujo Sect: Innocent Lovers é um hentai yuri cuja história se passa em um colégio feminino, onde as alunas tem relações um tanto questionáveis.

Boa parte da trama é centrada em Shinobu Handa e Momoko Naitou. Quando eram crianças, após um inocente jogo de esconde-esconde ser interrompido, Momoko dá um beijo de despedida em Shino e disse que a veria mais tarde.

Porém esse “mais tarde” nunca chegou, e Shinobu não viu Momoko novamente… Até que elas se reencontraram no ensino médio. Isso poderia ser uma feliz coincidência, mas Momoko não se lembra desse momento, enquanto Shino não consegue esquecer isso.

Leia o resto deste post

[+18] Anax

Criada pelo lendário S. Toshihiro, Anax é uma das mais famosas personagens dos quadrinho erótico brasileiro. A loira devassa teve histórias inesquecíveis publicadas no início dos anos 90.

Em sua aventura mais conhecida, “Fera Anal”, a Rainha do Pornô relembra sua primeira experiência como atriz num iate do Sr. Gomes, seu antigo produtor. 

Mal sabe que Gomes está novamente atrás dela e dessa vez não será para produzir outro filme…

Download!

[+18] Nymphs of The Stratosphere

por Callisto

Num futuro próximo, em um mundo destruído por nossa negligência, surgem da estratosfera belas ninfas em forma de anjos. Parece que o objetivo delas é proporcionar prazeres sexuais para uma raça humana devastada. Mas elas cobrarão um preço bastante alto de quem desfrutar desses prazeres.

Lançado originalmente em 2002 no Japão, Nymps of  Stratosphere (Stratosphera no Yousei) é uma série hentai de três OVAs. E é aquele tipo de hentai que você ama ou odeia.

Leia o resto deste post

[+18] Repossuídas pelo Prazer

por Callisto

Hiromi é uma estudante muito tímida e pouco popular. Depois de ser rejeitada pelo professor mais bonito da escola (que se aproveita disso para comer o máximo de alunas possível), é atacada e violentada por um bando de garotas acostumadas a dar pro tal professor.

Ferida e humilhada, ela deseja ardentemente vingança. E atendendo seu pedido surge o espírito do professor Shimazaki, que lhe oferece o que ela mais deseja. Aceitando o pacto com o demônio, ela agora tem o poder de se vingar de todos que a feriram. Mas Shimazaki não se contentará em ser apenas um fiel servo de quem o resuscitou.

Essa é a introdução de um hentai que marcou época: Repossuídas Pelo Prazer ou Injuu Kyoushi 3.

Leia o resto deste post

[+18] As Divertidas Sacanagens de Tilin

Tilin é um rapaz de sorte: além de ter nascido com um membro pra lá de avantajado, passou o rodo geral em todas as jovens do vilarejo onde mora. Sua fama de bem dotado e garanhão logo se espalhou pela região, despertando interesse até mesmo na mulherada da aristocracia.

Publicado no Brasil em meados de 2000 pela editora Onix, As divertidas Sacanagens de Tilin só durou 4 números. Não encontrei muita informação a respeito dessa série, mas pela ambientação das histórias parece ser original da Europa.

Alguns dizem que é uma paródia de As Aventuras de Titim, embora não tenha encontrado nenhuma referência ao famoso personagem de Hergé. Seja como for suas histórias são hilárias e cheias de putaria explícita.

Portanto fique longe se você for menor de idade, espertinho. rs

Download!

[+18] Little Annie Fanny

por F.A. Moretti

laf-12

Little Annie era uma loirinha de olhos azuis, peituda e meio burrinha que vivia divertidas aventuras eróticas na revista Playboy. Foram 106 histórias em 26 anos.

Personagens femininas não eram novidade, pois a moreninha sensual Betty Boopy já havia mexido com o coração dos marmanjos, mas Little Annie (ou Aninha) era diferente, tinha algo de inocente.

Na época em que viveu Annie, havia uma grande tendência para o uso de roupas coloridas e dançar musicas agitadas. Os jovens tomavam uma postura irreverente face ás mudanças da América do Norte. Eram os oscilantes anos 60.

Leia o resto deste post

[+18] Bible Black

por Callisto

bb (8)

Taki Minase é um típico estudante pega-ninguém que certo dia encontra um livro de feitiços e magias. E a primeira coisa que ele faz é usar o livro para enfeitiçar garotas amorosa e sexualmente. No começo vai tudo bem, mas logo as coisas começam a fugir do controle e forças malignas passam a se manifestar no colégio.

Ele então descobre que esse livro pertencia ao extinto “clube de magia”, um grupo de garotas que realizava rituais demoníacos nos porões do instituto anos atrás.

Produzido em 2001 pela Milk Studio, Bible Black (Baiburu Burakku) é uma das séries de hentai mais interessantes e perturbadoras que já feitas. Além de muito sexo o enredo é recheado de bruxaria, satanismo, possessões, torturas, ocultismo e até sacrifícios humanos.

Leia o resto deste post

[+18] Cream Lemon – Ami My Baby

por Callisto

cl_amb

Incesto sempre foi um tema difícil de ser abordado em animes, principalmente quando se trata de romance entre irmãos. Produções recentes como Oreimo e Yosuga No Sora deram muito o que falar (faz um tempão que não assisto animes e só esses dois me vem a memória), dividindo opiniões até entre os otakus mais pervertidos.

Os autores até tentam dar uma amenizada nas histórias, colocando um dos irmãos como sendo adotivo ou sem ligação consanguínea. Ainda sim, quase sempre surgem debates acalorados em sites e fóruns. Mas isso não é de hoje, o primeiro anime a tocar nesse assunto tão espinhoso foi Ami My Baby, da série erótica Cream Lemon.

Leia o resto deste post

[+18] Teocracia

teocracia_cover
Conto distópico de José Salles e ilustrações de Renato Coelho. Um clássico da literatura underground!

Clique aqui para baixar.

[+18] Fritz The Cat – um desenho pra doidos!

por Felipe M. Guerra

FRITZ THE CAT POSTER

Fritz The Cat entrou para a história do cinema como o primeiro desenho animado a receber certificação X (proibido para menores de 18 anos, a mesma dos pornôs) nos cinemas norte-americanos. Não exatamente por ser um filme pornográfico – há insinuações de sexo entre os personagens, mas sem mostrar putaria explícita ou penetração -, e pela trama repleta de violência explícita, consumo de drogas e uma moral bem duvidosa (para dizer o mínimo), coisas que certamente deixariam nosso famoso deputado censor de cabelos em pé…”

Leia o resto deste post